25 fevereiro 2009

Piscinas probáticas

Ao final de almoço, caminhamos ao longo das muralhas da cidade de Jerusalém até à porta dos leões. Por aí, entramos na cidade e chegamos à Igreja de Santa Ana.

Segundo uma das muitas tradições, S. Joaquim e S. Ana morariam em Jerusalém e aquele seria o local onde teria nascido Nossa Senhora.

Mesmo ao lado, encontramos as piscinas probáticas, local onde Jesus curou um paralítico.

1 comentário:

Sonya Monteiro Santos disse...

Olá,

Não tem importância o tempo mas sim a intenção, sei que a palavra e as mensagens chegam na medida certa por esta via e pelo coração que transporta a fé e o sentido desejo que viver em paz é um objectivo interior e a realização do próprio Ser.

Está a terminar esta viagem e mais um dia, aguardamos com expectativa amanhã o regresso de todos na Paz do Senhor. Rezem por nós que aqui ninguém esquece a vossa caminhada e o privilégio de a poderem viver :)

Beijinhos
Sónia